Nova carta do Astória com sabores portugueses

Cheesecake de tangerina
Chef Jorge Sousa

O Astória tem uma nova carta que pretende ser «premium e descontraída». O chef Jorge Sousa, que fez do brunch no Crown Plaza um sucesso, criou agora um cardápio de sabores tradicionais portugueses.

A oferta pretende apelar a um público mais abrangente, nacional e internacional, sem nunca nos fazer esquecer que estamos no restaurante de um hotel 5 estrelas instalado na cabeceira da Avenida dos Aliados, o InterContinental Porto – Palácio das Cardosas.

Uma nova carta, um novo espaço

Lounge by Cattier

À semelhança da carta, o espaço também mudou e antes do restaurante está o Lounge by Cattier, onde podemos apreciar uma bebida, contemplar as obras de Pedro Guimarães expostas e degustar alguns petiscos preparados pelo chef.

Quando entramos no Astória, deixamos suspensa a azáfama do centro da cidade. Ainda vemos o movimento lá fora mas já não somos levados por ele e os sentidos tomam conta do momento.

No Astória, os melhores sabores são para partilhar

Sharing Mediterrânica

Esta nova carta foi inspirada no food sharing e convida à partilha de experiências e o Sharing Mediterrânica é talvez o melhor exemplo disso. Estamos a falar de presunto «Pata Negra 5 Bolotas», salmão marinado, gamba selvagem grelhada, croquetes de batata trufados, vegetais grelhados, guacamole e crostini de azeitonas pretas.

Neste conceito, é possível ainda saborear ameijoa do Algarve, mexilhões, uma seleção de queijos nacionais e carpaccio de novilho Taurino.

A maneira como a carta está construída é propícia ao convívio gastronómico, os acompanhamentos são pedidos à parte e por isso as combinações são muitas. Vegetais salteados, legumes grelhados, puré de bata doce, ou o nosso favorito, gratin de batata com queijo gruyère e parmesão, são alguns exemplos de como bem acompanhar os ingredientes frescos da região, tanto o peixe com a carne.

Grelhado no forno a carvão vegetal

Há um denominador comum em quase todas estas iguarias, o toque inconfundível da grelha sobre o carvão, que aguça não só o sabor da carne ou do peixe mas também dos legumes, resultando em texturas estaladiças e delicadas.

Lagosta “selvagem” grelhada

Mas é claro que os maiores beneficiários deste processo de confeção são mesmo as carnes maturadas e o peixe fresco. A lagosta “selvagem” grelhada com molho de whisky e malagueta é simplesmente de chorar por mais, os sabores e as texturas atingem proporções assinaláveis. É fantástica!

Na carne, o destaque é claramente dado ao T-Bone Steak Taurino, produto nacional e maturado 25 dias.

T-Bone Steak Taurino

E já falámos no forno a carvão? Sabemos que sim, mas não dá para esquecer facilmente a forma irrepreensível do resultado final das carnes que provámos. Mas há também borrego com figo confitado em Vinho do Porto, um sabor mais suave mas igualmente delicioso.

Desconstruindo as sobremesas

Os sabores portugueses marcam a nova carta e nas sobremesas não poderia faltar o nosso tão estimado pastel de nata, desta feita reinventado e desconstruido, servido com gelado de café.

Pastel de nata desconstruido

O cheesecake de tangerina é uma das outras doces opções doces, vem com uma fina camada de gelatina de citrinos, que confere leveza e contraste com os demais ingredientes.

 

É mesmo para partilhar?

É mesmo para partilhar? No Astória disseram-nos que sim, mas é tudo tão bom que o difícil é ter vontade de o fazer!

Reservar Mesa
COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA